Ultimamente devido a crise causada pelo novo coronavírus a grande maioria das pessoas contam com o álcool 70% como uma das melhores soluções, ele é muito eficiente na limpeza e desinfecção de ambientes, e o álcool em gel é o mais recomendado quando o assunto é limpar as mãos com frequência principalmente quando se está fora de casa. Porém por mais que o álcool seja uma ótima opção ele não é a única, além de não ser tão fácil encontra-lo no cenário atual.

Existem outras opções para se esterilizar e desinfectar um ambiente adequadamente, opções inclusive mais econômicas. Dentro destas alternativas o uso do Peróxido de Hidrogênio na concentração recomendada pelo fabricante, utilizado sempre após uma limpeza prévia, com procedimentos e equipamentos corretos, torna-se 100% eficaz em desinfectar pisos e superfícies, pois trata-se de produto concentrado com excelente custo benefício e rendimento, principalmente para a necessidade de seu uso frequente. Além de possuir baixa toxicidade uma vez que é degradado em água e oxigênio, quando se refere a cuidados principalmente com as vias respiratórias.

Mas é importante a informação de que o peróxido de hidrogênio apesar de eficiente na desinfecção de ambientes, não é recomendado para o seu uso na limpeza das mãos, nesse caso o mais indicado é lavar as mãos com água e sabonete ou sabão, e economizar o álcool 70% para ocasiões mais necessárias, onde não tenha acesso a lavação direta das mãos.

No mercado existem opções, fabricantes e produtos à base de peroxido de hidrogênio assim como outras opções de sanitizantes e desinfetantes, no entanto esses devem conter instruções em seu rótulo, orientações de uso adequado e número de registro na ANVISA, que comprove que o produto é regularizado e não provocará risco à saúde.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(19) 3778.9493

(11) 3569.6581

E-mails

comercial@grupooikos.com.br
vamosconversar@grupooikos.com.br